Resumo do livro Não Tão Branca de Jessie Redmon Fauset

Enredo

O romance “Não Tão Branca” de Jessie Redmon Fauset é uma obra que explora a identidade racial e a condição social das mulheres negras nos Estados Unidos durante a primeira metade do século XX.

A história segue a vida de Angela Murray, uma jovem negra que cresce em uma família de classe média em Filadélfia. Angela é uma mulher educada e ambiciosa que sonha em se tornar uma professora, mas enfrenta obstáculos raciais e sexistas que a impedem de alcançar seus objetivos.

Temas Principais

O livro aborda temas como a racialização, o sexismo e a classe social, mostrando como esses fatores afetam a vida das mulheres negras.

A obra também explora a questão da identidade racial e como as pessoas negras são forçadas a se adaptar a uma sociedade que não as aceita.

Sequência de Eventos

A história começa com a apresentação de Angela e sua família, mostrando sua vida cotidiana e seus sonhos.

À medida que a história avança, Angela enfrenta desafios cada vez maiores, incluindo a perda de seu emprego e a rejeição de sua proposta de casamento.

No final do livro, Angela encontra um novo sentido de propósito e identidade, aceitando sua negritude e se tornando mais confiante em sua busca por igualdade.

Importância do Livro

“Não Tão Branca” é considerado um clássico da literatura afro-americana e um marco importante na história da literatura feminina.

O livro é uma crítica à sociedade racista e sexista da época e serve como um testemunho da luta das mulheres negras por igualdade e respeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *