Resumo do livro O Ultimo Jantar de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho

Resumo do Livro

O Último Jantar é um romance escrito por Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, publicado em 2001. A história se passa em Porto Alegre, no sul do Brasil, e acompanha a vida de uma família de classe média alta durante a década de 1960.

A narrativa é conduzida pela voz de uma jovem chamada Lúcia, que relembra sua infância e adolescência em uma família que se desestrutura ao longo do tempo. O pai, um homem autoritário e conservador, é o centro da família, enquanto a mãe é uma mulher submissa e dedicada ao lar.

A Família e seus Segredos

A família é apresentada como uma unidade aparentemente feliz, mas que esconde segredos e conflitos. O pai tem um caso extraconjugal, enquanto a mãe se sente aprisionada em seu papel de esposa e mãe. Os filhos, Lúcia e seu irmão, crescem em um ambiente de tensão e silêncio.

Ao longo do livro, os segredos da família vão sendo revelados, mostrando a fragilidade das relações e a hipocrisia da sociedade da época. A autora explora temas como a opressão feminina, a repressão sexual e a crise de valores em uma família que se desintegra.

A Sequência de Eventos

A história começa com a preparação do último jantar da família, que marca o início do fim da unidade familiar. A partir daí, a narrativa se desenvolve em flashbacks, mostrando a formação da família e os eventos que levaram à sua desestruturação.

O livro segue uma estrutura não linear, saltando entre o passado e o presente, e revelando gradualmente os segredos e conflitos da família. A sequência de eventos é marcada por momentos de tensão e drama, que culminam em um final surpreendente e emocionante.

O Estilo e a Temática

O estilo de escrita de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho é caracterizado por uma linguagem simples e direta, que contrasta com a complexidade dos temas abordados. A autora explora a psicologia dos personagens e a dinâmica familiar com habilidade e sensibilidade.

O livro é uma crítica à sociedade brasileira da década de 1960, que valorizava a aparência e a hipocrisia em detrimento da verdade e da sinceridade. A obra é uma reflexão sobre a família, a identidade e a busca pela verdade em um ambiente de repressão e silêncio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *