Resumo do livro Ortodoxia de G.K. Chesterton

Introdução

O livro “Ortodoxia” é uma obra de não-ficção escrita por G.K. Chesterton, publicada em 1908.

Nesta obra, Chesterton apresenta sua jornada espiritual e intelectual em busca da verdadeira ortodoxia cristã.

O Autor e sua Busca

Chesterton, um escritor e filósofo inglês, começou sua vida intelectual como um agnóstico e um crítico da religião.

No entanto, ao longo de sua vida, ele foi atraído pela filosofia e pela teologia cristã, e eventualmente se converteu ao catolicismo.

A Crítica à Modernidade

Chesterton critica a modernidade e o racionalismo, argumentando que eles levam à perda da razão e da moralidade.

Ele defende que a ortodoxia cristã é a única forma de restaurar a ordem e a sanidade em uma sociedade que se afastou de Deus.

A Importância da Fé

Chesterton destaca a importância da fé em Deus e na revelação divina para a compreensão da realidade.

Ele argumenta que a fé não é uma questão de emoção ou superstição, mas sim uma escolha racional e intelectual.

A Sequência de Eventos

O livro é dividido em capítulos que seguem a jornada espiritual de Chesterton, desde sua infância até sua conversão ao catolicismo.

Ao longo do livro, Chesterton apresenta suas críticas à modernidade e ao racionalismo, e defende a ortodoxia cristã como a única forma de restaurar a ordem e a sanidade em uma sociedade que se afastou de Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *