Resumo do livro Os Homens dos Pés Redondos de Antônio Torres

Introdução

O livro “Os Homens dos Pés Redondos” é uma obra do escritor brasileiro Antônio Torres, publicada em 1982. A história se passa na cidade de Salvador, na década de 1960, e aborda temas como identidade, preconceito e busca por reconhecimento.

Contexto histórico e social

A narrativa se desenvolve em um período marcado por profundas transformações sociais e políticas no Brasil. A ditadura militar estava no poder, impondo censura e repressão, enquanto a sociedade vivenciava os efeitos do êxodo rural e da urbanização acelerada.

Personagens principais

O protagonista da história é Pedro Arcanjo, um homem negro e pobre que busca se afirmar em uma sociedade marcada pelo racismo e pela desigualdade. Além dele, outros personagens importantes são Raimundo, seu amigo de infância, e Dona Tereza, uma mulher branca que se envolve romanticamente com Pedro.

Enredo

A trama se desenrola em torno das experiências de Pedro Arcanjo, desde sua infância até a vida adulta. O livro retrata a luta do protagonista para superar as barreiras impostas pela sociedade e alcançar sua realização pessoal e profissional.

Infância e adolescência

Pedro Arcanjo cresce em um ambiente de pobreza e discriminação racial. Ele enfrenta o preconceito desde cedo, mas encontra apoio e amizade em Raimundo, seu companheiro de brincadeiras e confidente.

Juventude e descobertas

Ao ingressar na vida adulta, Pedro começa a trabalhar como jornalista e se envolve com movimentos políticos de resistência à ditadura. Ele também se apaixona por Dona Tereza, uma mulher branca e de classe social mais alta, o que gera conflitos e questionamentos em relação à sua identidade.

Busca por reconhecimento

Pedro luta para ser reconhecido como escritor, enfrentando as dificuldades impostas pelo preconceito racial e pela falta de oportunidades. Ele busca romper com os estereótipos e estigmas associados à sua origem e conquistar seu lugar no mundo literário.

Mensagem e reflexões

“Os Homens dos Pés Redondos” aborda questões como identidade, preconceito racial e social, além da busca por reconhecimento e superação de obstáculos. A história de Pedro Arcanjo é um retrato das dificuldades enfrentadas por muitos indivíduos marginalizados na sociedade brasileira.

Conclusão

O livro “Os Homens dos Pés Redondos” é uma obra que nos convida a refletir sobre as desigualdades sociais e o papel do indivíduo na construção de sua própria identidade. Através da trajetória de Pedro Arcanjo, Antônio Torres nos apresenta uma narrativa envolvente e emocionante, que nos faz refletir sobre a importância da igualdade e do respeito às diferenças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *