Resumo do livro Papéis Avulsos de Machado de Assis

Introdução

O livro “Papéis Avulsos” é uma coletânea de contos escritos por Machado de Assis, um dos mais renomados escritores brasileiros. Publicado em 1882, o livro traz uma seleção de histórias curtas que abordam temas diversos, como amor, traição, loucura e a complexidade da natureza humana.

Contos

O Alienista

Neste conto, Machado de Assis aborda a história do Dr. Simão Bacamarte, um médico renomado que decide fundar um hospício na cidade de Itaguaí. Através de uma série de experiências e observações, o médico começa a internar pessoas que considera insanas, gerando uma série de conflitos e questionamentos sobre a definição de sanidade.

Teoria do Medalhão

Este conto é uma crítica social que retrata a vida de um homem que vive em busca de reconhecimento e prestígio social. Machado de Assis utiliza a figura do medalhão para representar a obsessão por títulos e honrarias, mostrando como essa busca pode levar à alienação e à superficialidade.

Pai Contra Mãe

Neste conto, Machado de Assis aborda a questão da escravidão no Brasil. A história se passa no Rio de Janeiro do século XIX e retrata a vida de uma mulher que trabalha como ama de leite, enquanto seu marido se dedica a capturar escravos fugitivos. O conto apresenta uma reflexão sobre a moralidade e a complexidade das relações humanas.

Missa do Galo

Este conto narra a história de um jovem que se vê envolvido em uma situação amorosa durante a noite de Natal. Machado de Assis utiliza a ambientação da missa do galo para explorar os sentimentos de amor, desejo e solidão, além de abordar temas como a hipocrisia social e a busca pela felicidade.

Uns Braços

Neste conto, Machado de Assis aborda o tema do amor não correspondido. A história gira em torno de Estela, uma mulher que desperta o amor de dois homens, mas acaba escolhendo se casar com outro. O conto explora os sentimentos de frustração, ciúme e resignação dos personagens, revelando as complexidades das relações afetivas.

Conclusão

“Papéis Avulsos” é uma obra que reflete a genialidade de Machado de Assis em explorar a psicologia humana e os dilemas sociais. Os contos presentes no livro oferecem uma visão profunda e crítica da sociedade da época, abordando temas atemporais que ainda são relevantes nos dias de hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *